Os cães requerem alguns cuidados básicos para que tenham uma vida saudável e duradoura. Entre os cuidados que precisamos ter como nossos amiguinhos estão: são algumas delas:

Vacinação

Vermifugação

Alimentação

Dentição

Banhos

Cios

Vacinação

A vacinação é o primeiro passo para que seu amigo tenha uma vida saudavel e duradoura. Os gatos devem ser imunizados antes de começarem a ter contato com outros felinos. Existem muitas doenças virais que podem acometer os gatos e são causadoras de grande número de mortes, principalmente nos filhotes.

É o médico veterinário que irá determinar as vacinas que seu gato deve receber e os intervalos entre as doses. As vacinas múltiplas (tríplice, quádrupla ou quíntupla) e anti-rábica são obrigatórias em qualquer esquema de vacinação. Veja abaixo como deve ser feito o esquema de vacinação de filhotes, com as vacinas existentes no mercado:

60 DIAS DE VIDA: 1a. dose vacina múltipla

30 DIAS APÓS A PRIMEIRA DOSE: 2a. dose vacina múltipla

A PARTIR DE 4 MESES DE IDADE: anti-rábica

Os gatos adultos que nunca foram vacinados ou filhotes que já passaram da época de vacinação devem receber 2 doses de vacina múltipla (intervalo de 30 dias entre elas) e 1 dose de vacina anti-rábica. Isso também vale para gatos de procedência desconhecida, quando não se tem conhecimento ou certeza sobre o histórico de vacinação.

REFORÇO ANUAL: Lembre-se que passado um ano do esquema de vacinação inicial é necessário levar seu gato para fazer o reforço das vacinas.

Voltar ao topo

Vermifugação

A mãe pode transmitir vermes aos filhotes, tanto pela placenta como pelo aleitamento. Vermifugar a fêmea antes do acasalamento é uma medida preventiva para que os filhotes nasçam livres de vermes. Todos os gatinhos devem ser vermifugados após o nascimento, seguindo o esquema:

30 DIAS DE VIDA: 1a. dose de vermífugo

45 DIAS DE VIDA: 2a. dose de vermífugo

60 DIAS DE VIDA: 3a. dose de vermífugo

Animais adultos devem ser vermifugados com freqüência, principalmente antes das vacinas anuais. Converse com seu médico veterinário para saber qual o melhor intervalo de vermifugação para o seu gato.

Voltar ao topo

Alimentação

Filhotes a partir de 45 dias de idade: A ração é a melhor opção. Existem rações especifícas para filhotes de muitos tipos (secas, semi-úmidas ou úmidas), com vários sabores (carne, frango, peixe, salmão, etc.) e de diversas marcas no mercado. Não se deve trocar de imediato a ração que o filhote está comendo quando ele muda de casa. Na primeira consulta, o veterinário indicará o tipo de ração que você deverá fornecer ao filhote e a quantidade ideal, você deverá fazer uma troca gradual da antiga ração para a nova, quando necessário, evitando assim problemas intestinais.

Gatos a partir de 1 ano de idade: Ração para gatos adultos: seca ou úmida, 2 vezes ao dia.

Gatos idosos: Há no mercado rações especifícas para gatos idosos, converse com seu médico veterinário e veja quando seu gato será considerado idoso e qual a ração deverá ser usada para ele.

Voltar ao topo

Dentição

Os gatos também trocam os dentes, a troca se inicia com 3,5 meses de idade e termina aos 6 meses. O gato pode formar tártaro, o que provoca o mau-hálito e a perda precoce dos dentes permanentes.

Higiene da boca: existem escovas e pastas dentais importadas para gatos. Mas essa prática de escovação deve ser feita desde a fase de filhote, do contrário dificilmente os adultos aceitarão a escovação. Ela deve ser feita 2 a 3 vezes por semana, no mínimo. Animais que comem ração seca terão menos tártaro do que aqueles que se alimentam com ração em lata (úmida).

Voltar ao topo

Banhos

Os banhos podem começar a ser dados a partir de 60 dias de idade, com xampu neutro não inseticida (antipulgas), especifíco para filhotes. É necessário que após o banho seu gato seja seco com um secador, evitando a umidade e a formação de fungos.

É aconselhado escovar diariamente o animal para retirar pêlos mortos, poeira, e para verificar a presença de parasitas (pulgas, carrapatos, etc.). A escovação no gato é essencial pois, ao lamber-se, ele engole muitos pêlos mortos. Esses pêlos, misturados às fezes, podem formar um fecaloma (bolo de fezes muito duro e ressecado). Habitue seu gato a ser escovado todos os dias.

Voltar ao topo

Cios

As fêmeas entram no cio entre 7 a 10 meses de idade. O cio é acompanhado por mudanças bruscas no comportamento. A gata passa a miar e esfregar-se no chão, móveis e pessoas. Não há sangramento durante o cio.

É recomendado a castração das fêmeas para evitar que com os cios frequentes ela venha a desenvolver um piometra.

Voltar ao topo

Saiba mais sobre algumas raças de gatos.

Av. Victor Barreto nº2584 Loja 23 - Centro, Canoas/RS

Telefone:+55 (51) 3031 6169

Segunda a Sexta das 9:00 às 20:00hs e Sábados das 9:00 às 18:00hs

e-mail:

Design By Mel Borges